Cidadão de BH adere ao "telefonaço" contra reajuste salarial de vereadores

LARISSA ARANTES
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
Na manhã desta terça-feira (3), belo-horizontinos aderiram ao “telefonaço” contra o projeto de lei que reajusta em 61,8% o salário dos vereadores da capital mineira para a próxima legislatura. A manifestação foi marcada para as 10h, mas, de acordo com os organizadores do movimento, vai continuar durante todo o dia. Os moradores de Belo Horizonte foram convocados a ligarem nesta terça para o gabinete do prefeito Marcio Lacerda pedindo que ele não sancione a proposta de aumento salarial dos parlamentares.  O projeto foi aprovado em segundo turno pela Câmara Municipal, no último dia 16 de dezembro, e segue agora para a prefeitura. Lacerda deve decidir se sanciona ou veta o reajuste.

Durante toda a manhã, as pessoas se manifestaram no perfil “Veta Lacerda” criado no Facebook. Alguns alegaram que os telefones divulgados não estavam atendendo ou permaneciam constantemente ocupados. Além dos números 3277 – 4040 e 3277 – 9798, a organização do “telefonaço” divulgou também o 3277 – 4141.

De acordo com a assessoria do gabinete do prefeito, a equipe foi instruída a registrar os e-mails de todos que ligarem pedindo o veto ao reajuste dos vereadores para enviar uma resposta sobre a situação posteriormente. Ainda segundo o órgão, ainda não há um número exato de ligações recebidas. A assessoria de comunicação da prefeitura informou que por enquanto não vai se manifestar sobre o “telefonaço”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário