Polícia mineira prende ladrão de banco mais procurado do Brasil

A prisão de “Rubão” é uma espécie de “troféu” para a polícia mineira, que vive momento de crise por causa do aumento da criminalidade e a troca de sua cúpula
REPRODUÇÃO
rubão
Rubão” participou, em 2008, do assalto a um carro-forte em Santana do Paraíso
A Polícia Civil de Minas Gerais prendeu nesta quinta-feira (29), em Tocantins, Rubens Ramalho de Araújo, de 44 anos, um dos assaltantes de banco mais procurados do país. “Rubão”, como é conhecido no Nordeste do país, onde liderou a maior parte dos assaltos, já está em Belo Horizonte. Ele foi interrogado durante todo o dia.

A prisão do assaltante é uma espécie de “troféu” para a polícia mineira, que vive momento de crise por causa do aumento da criminalidade e a troca de sua cúpula.
“Rubão” participou, em maio de 2008, do assalto a um carro-forte em Santana do Paraíso, no Leste de Minas. O veículo que seguia de Governador Valadares para Ipatinga foi interceptado pelos bandidos. Dois vigilantes morreram baleados.

Em 2001, participou de um assalto a uma agência bancária no Campus do Pici, depois ao antigo Banco do Estado do Ceará (BEC), fugiu da prisão de Rio Verde, em Goiás, de Pombal, na Paraíba, e também é fugitivo da Justiça paulista.

No início de 2011, Rubens Ramalho foi preso em Teresina (PI), mas fugiu. Dono de extensa ficha criminal, contra ele existiam, no dia da sua detenção em Tocantins, 18 mandados de prisões em aberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário