Câmeras do Olho Vivo impedem acão de estuprador na região Noroeste de BH

OtempoOnline
A ação rápida de militares do 34º batalhão, que monitoravam câmeras do Olho Vivo instaladas em Belo Horizonte, impediram a ação de um morador de rua, de 29 anos, suspeito de tentar estuprar uma garota de programa, de 19 anos, na avenida Bias Fortes, no bairro Carlos Prates, região Noroeste da capital. O homem foi preso seminu. De acordo com o soldado Diego Santiago, eles estavam na sede do batalhão, no bairro Caiçara, quando flagraram a ação do acusado. Nas imagens, os militares viram o homem tentando tirar a calça da mulher, que mostrava resistência. Imediatamente, uma viatura da PM foi até o local e prendeu o homem em cima da mulher, com as calças abaixadas. Em conversa com a polícia, a mulher disse que tinha conhecido o rapaz há cerca de uma hora. "Quando olhamos nas câmeras, vimos os dois andando em direção a um matagal. Em seguida, ele jogou ela no chão e tentou abusá-la", conta o soldado. Como a mulher resistiu aos abusos, foi agredida com socos e chutes pelo acusado.  Ao chegar ao local, o suspeito não tentou reagir a prisão, mas negou o crime. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Mulheres. A vitima, apesar de ter sido agredida, não precisou de atendimento médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário