Madrugada deixa três mortos em BH e Região Metropolitana


Os números reforçam os dados divulgados pela Seds que revelou na terça-feira (3) que 10 pessoas são assassinadas por dia em Minas
Pelo menos três pessoas foram assassinadas na madrugada desta quarta-feira (4) em Belo Horizonte e na Região Metropolitana (RMBH). Duas das vítimas foram baleadas e a terceira foi enforcada, conforme informou a Polícia Militar (PM). Isso reforça ainda mais os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais (Seds-MG) que revelou na terça-feira (4), que em média, 10 pessoas são assassinadas por dia no Estado.
 
De acordo com militares do 39° Batalhão, um homem entrou em um motel localizado na Via Expressa, no bairro Jardim das Oliveiras em Contagem, e com uma arma de plástico anunciou o assalto. Dois funcionários do local perceberam que o revólver era de brinquedo e partiram pra cima do suspeito, imobilizando-o. Em seguida, o amarraram com cabos elétricos, porém, pouco tempo depois perceberam que o homem havia desmaiado. Quando a PM chegou ao local, foi constatada a morte do rapaz. Os funcionários foram detidos e levados para a 6ª Seccional.

Ainda na RMBH, mas em Betim, um homem morreu com um tiro na cabeça. Conforme a PM, o rapaz, conhecido apenas como Júnior, estaria morando de favor na casa de um colega na rua Campestre, bairro Dom Bosco. O proprietário da residência disse aos militares do 33° Batalhão, que ele chegou ao local nesta madrugada bastante "zonzo" e caiu ao chão. Quando os policiais chegaram ao local, ele já estava morto. Não há informação sobre autoria e motivação do crime.
 
Já em Belo Horizonte, um adolescente de 16 anos foi assassinado com quatro tiros na rua Rubens Ferreira da Silva, no bairro Novo Glória, região Noroeste. Ao lado de seu corpo os militares encontraram uma réplica de revólver e em sua meia tinha três pedras de crack. A PM suspeita que o o homicídio tenha ocorrido pelo suposto envolvimento da vítima com o tráfico de drogas, no entanto, essa hipótese ainda não foi confirmada e assim como o assassinato descrito anteriormente, o suspeito de praticar o ato, assim como a sua motivação, permanecem desconhecidas.

2 comentários:

  1. ele nao tinha envolvimento algum com o trafico passa ser uma cobrança quele foi cobrar de diz que era seu amigo, no qual este outro nao aceitou em pagalo nao dinheiro de drogas mais sim d emtrestimo, no qual este outro pediu uma arma enprestada para um traficante conhecido como dut que mora n av mafra entre a rua rubens ferreira que numa moto perseguindo um fiat aonde a vitima estava com doiz amigos asssim que a vitima deçeu do veiculo e sntou no paseio de sua casa e o veiculo saiu esta mesma moto com o condutor dut e o outro carona , o carona chamou a vitma que inocentemente foi ate ele penasando e tendo o memso como amigo jamais saberia que levaria os tiros efetuados pelo garoto que mora na rua vizinha , o mais que me icomoda e que tanto o que atirou e o outro que olevou ate olocal do assasinato estao de boas pelas ruas do bairro e a policia passa pra la e pra ca como s eestivessse medo deles assim como fica a familia , me responde se for capaz num pais que o medo faz calr a boca de muitos
    eu presenciei e por parte minha envestiguei espero que façam o mesmo eprndam estes doiz
    porque quem sabe o proximo pode ser um filho seu.................

    ResponderExcluir
  2. ainda se possivel mostraria a foto dos dois pra ficar mais faciul para vcs quesaao da lei buscar estes assassinos de menores

    ResponderExcluir