Seis são assassinados a tiros em BH e RMBH

Noite e madrugada violentas deixam mortos na capital mineira e em Santa Luzia, Igarapé e Ribeirão das Neves
Pelo menos seis pessoas foram assassinadas do fim da noite de quarta-feira (11) até a manhã desta quinta-feira (12) em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Segundo a Polícia Militar (PM), todas as vítimas foram mortas a tiros, sendo três na capital mineira e os demais em Santa Luzia, Igarapé e Ribeirão das Neves.

Na noite de quarta-feira, Roni Matos de Oliveira, de 25 anos, foi morto com oito tiros na rua Padre Café, em frente ao número 1.020, no bairro Alto Vera Cruz, região Leste de Belo Horizonte. Testemunhas teriam dito a militares do 22° Batalhão de Polícia Militar (BPM) que o rapaz seria traficante de drogas e teria se desentendido com um comparsa no dia anterior, o que levanta a hipótese de que o assassinato possa ter sido motivado por vingança. Apesar da suspeita da polícia, o suposto autor do crime não foi detido.
Ainda na capital e na mesma noite, três pessoas foram baleadas na rua Santa Clara de Assis, bairro Minaslândia, região Norte. Segundo a polícia, foram alvejados Pedro Henrique Mereu de Oliveira, 20, Glauber de Oliveira Silva, 25, que acabaram não resistindo aos ferimentos e morrendo na hora. Um adolescente de 15 anos, que também foi atingido, foi socorrido por um equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado ao Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova, onde foi medicado e não corre risco de morrer. O jovem não quis dizer aos policias qual a motivação do crime e quem teria atirado contra o trio.

Já na RMBH, em Igarapé, Hélio de Souza, 40, foi alvejado com seis tiros na porta de sua casa, na rua Luiz Lanna, número 96, bairro Canarinho. A companheira da vítima disse à polícia que o casal praticava relaçao sexual quando a campainha tocou e que o homem, ao atendar à porta, foi recebido a tiros. Ele morreu na hora. A mulher disse, ainda, que ele era usuário de drogas, o que pode indicar que o crime esteja ligado a um acerto de contas.

Nesta madrugada, em Santa Luzia, Leandro Henrique Souza Borges, 21, foi morto a tiros na esquina das ruas Sete e Vinte, no bairro Duqueza II. Segundo militares do 35° BPM, ele havia sido detido na tarde de quarta-feira (11) com um adolescente de 15 anos, onde ambos estariam em posse de 30 cápsulas usadas para colocar cocaína. Eles foram detidos e encaminhados à delegacia, onde o produto foi apreendido. Os dois prestaram depoimento e foram liberados. O homem foi morto horas mais tarde. O jovem disse à PM que o material apreendido seria entregue a uma pessoa, que poderia ser responsável pelo crime.

Em Ribeirão das Neves, Lucas Donizette Borges, 19, foi encontrado sem vida e com marcas de tiros no corpo, dentro de um córrego, às margens da rua Beira Campo, altura do número 30, bairro Bispo de Maura. Familiares do jovem o reconheceram, no entanto, não souberam informar aos policiais as possíveis motivações do assassinato. Equipes do Corpo de Bombeiros vão retirar o rapaz do córrego e policiais vão realizar perícia e, logo em seguida, o corpo será encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML).

Nenhum comentário:

Postar um comentário