Observamos nos últimos anos mudanças significativas na PMMG. Hoje para ser soldado é preciso ter curso de nível superior de escolaridade, ou para quem ainda não possua curso superior, tem que fazer o Curso Superior de Tecnologia em Segurança Pública na APM. Ou seja, o concurso para ingressar na carreira militar como soldado da PMMG é de nível superior. Mas no tocante ao atual sistema de promoção das praças da PMMG ainda continua o mesmo quando era exigível apenas o segundo grau. Observe:  quem ingressar na PM já com o curso superior ou o fizer na APM de acordo com a legislação atual, terá que esperar 10 anos para ser promovido a cabo e no mínimo 20 anos para ser promovido a terceiro sargento. Tudo bem, que a lei de promoção de 10 em 10 anos para soldado e cabo foi um ganho importante para os praças Policias militares de Minas Gerais em 2004, mas naquela época era exigido apenas o segundo grau e o curso de formação de soldado era o ctsp, curso técnico.
Hoje, com o requisito do curso superior para ser soldado da PMMG, temos que reivindicar um plano de carreira mais adequada com a atual realidade que vivemos. Precisamos criar uma nova e moderna lei de promoção que garanta a todos um efetivo fluxo regular e mecanismos de ascensão na carreira dos praças policiais militares de Minas Gerais. 
Não vejo as lideranças da PMMG se prontificarem a respeito de um assunto de suma importância e que traria uma imensa satisfação para os policias militares,  tendo uma lei de promoção mais eficaz e benéfica para ascensão na carreira policial militar em especial a de praças, caso fosse aprovada.
Veja a proposta do novo quadro de promoções para Praças na PMMG que passaria a vigorar da seguinte forma:
Promoção para Cabo – 7 anos
Promoção para terceiro sargento – 14 anos
Promoção para segundo sargento – 18 anos, ou seja: 4 anos na graduação de terceiro sargento
Promoção para primeiro sargento – 22 anos, ou seja: 4 anos na graduação de segundo sargento
Promoção para subtenente – 26 anos, ou seja: 4 anos na graduação de primeiro sargento
CFS: Continuaria, mas poderia se inscrever apenas o soldados com no mínimo 5 anos de efetivo serviço e o Cabo.
CHO: Continuaria, qualquer militar com no mínimo 5 anos de efetivo serviço e possuidor de curso superior em direito poderia se inscrever
Observem que o soldado quando incorporar nas fileiras da instituição, já ficará sabendo que chegara ao mínimo a graduação de subtenente. Mais do que justo para uma carreira que exige curso superior, e será uma valorização e ascensão na carreira policial militar, que trará mais expectativas aos integrantes da PMMG e com isto um reflexo positivo tanto na vida pessoal do militar quanto no desempenho de suas funções junta a sociedade.
Vamos cobrar dos representantes da PMMG um projeto de lei para mudar a atual lei de promoção de praças, para que possa se adequar a atual realidade ao ingresso na PMMG e as praças possam ter ascensão na carreira de forma mais rápida, levando em conta a atual exigência de curso de nível superior de escolaridade para ingresso na PMMG como soldado.
Texto enviado por Júlio César do Nascimento

* NÃO É UMA PROPOSTA OFICIAL DO COMANDO NEM DAS ENTIDADES DE CLASSE

Um comentário:

  1. Quer uma maneira de aumentar a divulgação do seu site?
    Acesse o DivulgaBlog. É completamente gratuito, simples de usar e em poucos minutos o seu blog estará cadastrado na nossa base de blogs e visível para milhares de usuários.
    Dê uma conferida ! http://www.divulgablog.com.br/

    ResponderExcluir