Vereador Cabo Julio recebe ameaça de morte após CPI para investigar jogos de azar


Apesar de ter recebido telefonemas, recados e e-mails ameaçadores, Cabo Júlio garantiu que está tranquilo
FLÁVIO TAVARES/ARQUIVO
cabo júlio
Cabo Júlio garante investigações sobre jogo do bicho
O vereador Cabo Júlio (PMDB) alega ter sofrido ameaça de morte depois que incentivou a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os jogos de azar em Belo Horizonte. Segundo ele, telefonemas, recados e e-mails foram recebidos no gabinete. Apesar da situação, o peemedebista se mostra tranquilo e dá um recado claro: se houver qualquer ameaça, as autoridades darão uma resposta.

“As primeiras ameaças chegaram por meio de intermediários, que chegaram a dizer que pessoas perigosas estavam envolvidas no esquema. Depois disso, já foram outras intervenções, como telefonemas e e-mails, mas estou tranquilo. A CPI, o Ministério Público (MP) e as polícias Militar e Civil vão trabalhar juntos neste assunto” afirmou.

Cabo Júlio disse ainda que os colegas parlamentares que compõem a comissão também podem ficar tranquilos. “Não tenho medo. Estou parlamentar, mas sou policial e sei como lidar. Foi difícil encontrar um relator, mas tudo ficou resolvido depois que o vereador Edinho Ribeiro (PTdoB) aceitou”.
Ainda de acordo com o parlamentar, na próxima semana os integrantes da comissão, juntamente com representantes das polícias e do MP vão definir uma data para realizar a primeira grande operação. A intenção é fechar os locais já mapeados no centro da capital. Paralelamente, o grupo fará pressão para que o projeto que cria uma multa para os proprietários dos estabelecimentos seja aprovado na Câmara. “Estamos desenvolvendo um trabalho político. Este é o verdadeiro papel da CPI. Podemos servir de referência para o Brasil. Enquanto no Congresso Nacional a pressão é forte para liberar bingos, aqui nós queremos atuar no sentido contrário, acabando com o jogo irregular”.

O caso foi denunciado com exclusividade pelo Hoje em Dia. No total, foram detectados pelo menos 36 pontos de jogos de azar no Hipercentro e outros três nos bairros Padre Eustáquio (Noroeste) e Santa Tereza (Leste).

Depois das ações no centro da cidade, a CPI promete atacar também nos bairros de Belo Horizonte. Cabo Júlio garante que várias denúncias já foram apresentadas. “Já recebemos informações. Nas regiões Norte e em Venda Nova são muitos pontos também. Vamos apurar tudo com calma e isenção”, afirmou o parlamentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário