Registro de furto de motos em Montes Claros supera 2011


Marcos Gonçalves teve a moto roubada
 e a PM não conseguiu localizar o veículo

Hoje em Dia
MONTES CLAROS – De 1º de janeiro a 28 de junho, 257 motocicletas foram furtadas em Montes Claros, superando as estatísticas de 2011, quando 250 foram levadas pelos criminosos. A média é de 1,4 moto furtada por dia. Os dados são da Polícia Militar.

A corporação executa a operação Cavalo de aço para inibir este tipo de crime. Montes Claros tem uma frota de 60 mil motos – uma para cada seis habitantes.

Os furtos de motocicletas estão crescendo a cada ano na cidade, ao passo que os de carros estão caindo. Em 2009, 115 motos foram furtadas, e 139 em 2010.

Enquanto isso, 164 veículos de quatro rodas foram furtados em 2009, 144 em 2010 e 121 em 2011. Neste ano, de 1º de janeiro a 28 de junho, foram 58 ocorrências.
Dos veículos (carros e motos) furtados em 2012, 146 foram recuperados, 252 no ano passado, 273 em 2010 e 277 em 2009. Marcos Gonçalves teve a motocicleta furtada e ainda não conseguiu recuperar o veículo.

O comandante do 50º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Jorge Bonifácio, ressalta que o número de motos furtadas em Montes Claros representa apenas 0,5% da frota. O índice considerado “aceitável” pelo oficial, embora ele ressalte que o ideal é que não ocorram crimes desta natureza na cidade.

Segundo o tenente-coronel, a venda de motos aumentou muito em Montes Claros, o que também reflete nas estatísticas de furtos deste tipo de veículo.

Na tentativa de coibir o crime, a PM intensificou as blitze. O objetivo é tirar de circulação motos furtadas ou com irregularidades na documentação.

Mas a cada dez motos que passa pela fiscalização, apenas três são abordadas. “É humanamente impossível parar todas motos, principalmente no horário de pico. Isto causaria grande congestionamento”, diz o comandante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário