Comissão de Segurança Pública denuncia situação precária de funcionamento do IML


Do Site Oficial do Deputado Sargento Rodrigues
A Comissão de Segurança Pública esteve nesta sexta-feira (24/08) com o Secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz. A visita aconteceu em razão de requerimento de autoria do deputado Sargento Rodrigues, membro efetivo da Comissão, no qual solicitou a realização de audiência pública para discutir uma série de denúncias recebidas sobre as péssimas condições de funcionamento do Instituto Médico Legal- IML.

Rodrigues entregou ao Secretário um relatório apontando os diversos problemas que estão acontecendo, que vão desde instalações precárias, infiltrações, funcionários fantasmas, equipamentos enferrujados, até o comprometimento dos resultados dos exames por total falta de condições de trabalho dos funcionários. 


“Existem projéteis espalhados pelas dependências do IML por não haver onde acondicioná-los e até mesmo um feto foi encontrado guardado dentro de uma gaveta, aguardando perícia, o sangue e o resto dos cadáveres são descartados em lixo comum. Além de colocar em risco a saúde dos funcionários, a atual situação do Instituto põe em cheque todo e qualquer laudo emitido”, destacou o deputado.

Fotos anexadas ao documento retratam a real situação e comprovam a veracidade das denúncias. Os deputados cobraram providências urgentes do governo. “Da forma que está não há a menor possibilidade do IML continuar funcionando. Os funcionários estão trabalhando em condições totalmente insalubres e o risco de uma tragédia é iminente”, afirmaram.

Rômulo Ferraz informou que o Governo já autorizou a destinação de verba para o Instituto e a liberação está dependendo de um alvará da Prefeitura. Na próxima quarta-feira (29/08) a Comissão de Segurança Pública fará uma visita ao IML, juntamente com o Secretário, para verificarem pessoalmente as condições de trabalho dos funcionários e as instalações. 
 


Autor: Sandra Teixeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário