Sargento da PM mata motorista que bateu no carro do filho dele, no Barreiro


Hoje em Dia
Um sargento da Polícia Militar é suspeito de matar um homem por causa de uma briga de trânsito ocorrida no bairro Diamante, região do Barreiro, na manhã deste domingo (12). Segundo com um sargento do 41º Batalhão da Polícia Militar, a vítima de 24 anos, que dirigia um Stilo prata, se envolveu em um acidente com o filho do militar, de 20 anos, que conduzia um Celta prata. Depois de uma discussão sobre o pagamento do prejuízo, a vítima voltou à sua residência para pegar duas revólveres, calibres 22 e 38. Ao mesmo tempo, o sargento, de 44 anos, foi chamado pelo filho para ir ao local do acidente, na rua Visconde de Caeté. 
 
A vítima teria apontado as armas para o desafeto, mas o policial conseguiu tirar de sua mão o revólver 38. Houve troca de tiros, segundo a PM, e o sargento acertou três tiros no rapaz, acertando a coxa, o peito e a cabeça da vítima, que morreu no local. As esposas da vítima e do policial, que viram toda a discussão, foram levadas para a Delegacia do Barreiro para prestar depoimento. O sargento, lotado na 11ª Companhia de Polícia Independente da Polícia Militar, do 41º Batalhão, alegou legítima defesa. Ele prestou depoimento e foi liberado. A vítima morava na Vila Pinho, na região do Barreiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário