Após visita da Comissão de Segurança Pública, governo autoriza reforma do IML

Do Site do DEPUTADO SARGENTO RODRIGUES
Foto da notícia
Em visita ao IML, os deputados constataram as péssimas condições do local
A visita da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa ao Instituto Médico Legal de Belo Horizonte começa a surtir efeitos positivos. Os deputados receberam, nesta semana, correspondência, do Superintendente de Polícia Técnico Científica, Gilmar Freitas de Souza, informando que já foram feitos os levantamentos dos serviços necessários para melhorar as condições de funcionamento do local.

O documento, chamado termo de referência, é um relatório minucioso apontando os problemas encontrados na parte de alvenaria, sistema elétrico, hidráulico, de esgoto, enfim, em toda a parte estrutural, desgastada pelo uso e deterioração pelo tempo, uma vez que o prédio tem 34 anos e nunca passou por reforma estrutural. Também estão relacionadas as melhorias necessárias na estrutura física atual, sobretudo nos setores de Necropsia e Radiologia, Divisão de Laboratório, pintura externa e recuperação do muro e passeios.


No último dia 29 de agosto, Comissão de Segurança Pública esteve no IML para apurar denúncias recebidas sobre péssimas condições de trabalho e de funcionamento do local. A visita foi agendada após reunião com o Secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz, dias antes, motivada por requerimento do deputado Sargento Rodrigues, que recebeu as denúncias e as apresentou à Comissão.

Naquela data, os parlamentarem confirmaram os diversos problemas que estão acontecendo no IML, que vão desde instalações precárias, infiltrações, equipamentos enferrujados, até o comprometimento dos resultados dos laudos e exames e exposição dos funcionários a condições de trabalho totalmente insalubres. Falta ventilação nas salas onde são armazenados os corpos, o que gera odor forte, e não há exaustão nas dependências do edifício. Também falta segurança nos locais onde se encontram materiais inflamáveis e proteção nas salas em que ficam as evidências criminais.

A ida da Comissão ao IML contou com a presença do Secretário de Defesa Social, Rômulo Ferraz, do Chefe de Polícia Civil, Cylton Brandão, e do Superintendente de Polícia Técnico-científica, Gilmar Freitas.

Em conversa com o Secretário, o deputado Sargento Rodrigues recebeu a confirmação de que a obra está autorizada e será em caráter de urgência, e que a licitação está em andamento. Rodrigues comemorou a agilidade das providências. “O que vimos na visita ao IML nos deixou estarrecidos. Antes de mais nada, é desumano expor profissionais a condições tão degradantes de trabalho. E falo isso do pessoal responsável pela limpeza aos médicos legistas. Fico satisfeito em ver que o Governo entendeu a necessidade de agir rápido”, destacou.

Leia mais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário