Confronto com policiais em praça de Santo Antônio do Amparo termina com 12 detidos

Confusão foi decorrente de assassinato de jovem de 20 anos 

OtempoOnline
Um violento confronto entre populares e policiais militares terminou com 12 pessoas detidas na madrugada desta segunda-feira (3) em Santo Antônio do Amparo, no Sul de Minas Gerais. De acordo com a Polícia Militar de Lavras, a confusão generalizada ocorreu em uma praça do bairro Rosário. Os militares foram até ao local para atender uma ocorrência de ameaça. Segundo o denunciante, havia um homem armado com faca ameaçando pedestres na praça. Assim que os policiais pararam a viatura, os populares jogaram várias pedras contra o carro, que ficou bastante danificado. Com a agressão, os policias foram obrigados a recuar e a pedir reforço.

Com a chegada de novos militares, o grupo, composto por quatro mulheres, quatro homens e quatro adolescente entre 14 e 17 anos, invadiu uma mercearia. Depois de roubar R$ 600 do estabelecimento comercial, os vândalos apedrejaram janelas de várias casas e quebraram um ônibus, a fachada de uma creche e um banco da praça. Durante depoimento, um dos adolescentes apreendidos confessou aos policiais que a intenção do grupo era vingar a morte de um jovem de 20 anos, que foi assassinado no último sábado (1º) na cidade. O responsável pelo homicídio não foi preso. Conforme a PM, não houve registro de feridos e os policiais que atenderam a ocorrência afirmaram que foram ameaçados de morte e ofendidos com palavrões. O grupo foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Lavras. Nenhuma arma foi apreendida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário