Em rap, as Farc criticam Brasil e afirmam que vão negociar com a Colômbia

Hoje em Dia
  "O Brasil lhes vendeu aviões Tucanos e depois Supertucanos para nos atingir com bombas", afirma um dos versos de um rap divulgado na Internet pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia na segunda-feira (3). Vestindo uma camiseta de Che Guevara, um homem, uma mulher e dois guerrilheiros afirmam estar abertos para negociar com o governoNo vídeo, as críticas não são apenas contra o Brasil e os guerrilheiros chamam o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, de burguês. A música fala que Santos precisou da ajuda de Fidel Castro para conversar com as Farc. Álvaro Uribe, ex-presidente, também é citado. Na letra, os guerrilheiros dizem que ele só entende de matança. Com cerca de 4 minutos, o vídeo termina com uma mensagem do comandante de vitória do Estado Maior Central das forças, Timoleón Jimenez. "Juramos vencer e venceremos".

Veja o clipe que está rodando pela Web:

Nenhum comentário:

Postar um comentário