Grupo é preso após invadir e roubar bingo com camisa da Polícia Civil no bairro Boa Vista

Pelo menos 15 pessoas tiveram os pertences roubados
OtempoOnline

Três homens, de 23, 26 e 28 anos foram presos, e um adolescente, de 17, apreendido, após participarem de um assalto em um bingo do bairro Boa Vista, na região Leste de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, pelo menos 15 frequentadores da casa de jogos de azar foram rendidos e tiveram os pertences roubados. Entre as vítimas, havia muitos idosos.

Os três adultos foram presos depois de serem flagrados em atitude suspeita trafegando pela avenida Cristiano Machado em um Ford Ka. Ao receber ordem de parada, o detido de 28 anos obedeceu. No entanto, após buscas dentro do carro de passeio, os militares encontraram seis dólares, R$ 522 e sete celulares. O material estava escondido dentro do porta-luvas e o trio deu versões diferentes sobre a origem do material apreendido. Porém, após consulta das últimas ocorrência registradas, os policiais descobriram o roubo no bingo. De imediato, os presos de 23 e 26 anos negaram qualquer envolvimento no crime, mas o de 28 confessou.


Segundo o suspeito, o assalto foi planejado por um amigo dele com apelido de “Cobrinha”. Na última quarta-feira (12), os amigos foram até ao bingo, quando “Cobrinha” falou que o local era um ótimo lugar para eles “meterem a fita”, gíria usado por criminosos em referência à prática de assalto. Nessa quinta-feira (13), “Cobrinha” chamou o amigo para voltar ao bingo. Na porta, o preso afirmou que viu um Fiat Siena parar e quatro homens armados e com camisas da Polícia Civil saírem do veículo.  O grupo entrou na casa, localizada na rua Maria Francisca, e saiu cheio de bolsas nas mãos.

O detido garantiu que ficou do lado de fora e que os outros dois presos entraram no carro dele a mando de “Cobrinha”. O homem falou ainda que a dupla o mandou não parar o For Ka durante a perseguição e seguir até ao bairro Jardim da Glória, em Vespasiano, na Grande BH.

No local indicado pelo preso, o Fiat Siena foi localizado estacionado na frente de uma casa usada como república. Ao perceberem a presença da polícia, três moradores do local fugiram correndo e jogaram uma sacola com um celular e 14 chips dentro ao chão. Após perseguição, o adolescente de 17 anos foi alcançado e confessou o roubo no bingo. O garoto negou dar informações sobre os comparsas e foi reconhecido por vítimas e pelo preso de 28 anos.
Depois de buscas na república, os policiais apreenderam 32 papelotes de cocaína e uma porção de maconha, que estavam escondidas dentro de buracos abertos nos tijolos do muro externo do imóvel. Conforme o adolescente, o entorpecente foi comprado pelo valor de R$ 200 no Aglomerado do Sumaré, na capital mineira.

O detidos foram encaminhados ao Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH). Uma das vítimas do roubo no bingo foi até a delegacia, mas acabou presa por ter um mandado de prisão em aberto contra ela. Os jovens de 23 e 26 anos já tinham passagem pela polícia por homicídio, tráfico de drogas a associação ao tráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário