Militares da Marinha e agente penitenciário são presos por furtar carranca em Pirapora


Hoje em Dia
Dois militares da Marinha, um agente penitenciário e um casal foram presos por roubarem uma carranca, um grampeador e um carimbo de um restaurante localizado às margens da BR-365, em Pirapora, no Norte de Minas. O segurança do estabelecimento foi quem acionou a Polícia Militar ao notar que o grupo retirou o objeto de artesanato feito em madeira e que media 1,2 metros. Em seguida, o grupo fugiu com a peça no banco traseiro de um veículo, Fiat Palio, de cor preta. Três dos suspeitos sentaram em cima da carranca durante a fuga.

Os policiais fizeram um cerco no entorno e conseguiram deter o carro com o grupo. Dentro do veículo, os policiais encontraram duas garrafas de whisky, além do objeto roubado. O carro foi apreendido e os cinco envolvidos, com idades entre 20 e 30 anos, encaminhados para a delegacia da cidade. Há suspeita de que os militares da Marinha, o agente penitenciário e o casal tenham feito consumo de bebida alcóolica antes de realizarem o furto. Não foi informado qual seria a intenção dos envolvidos ao furtar a peça de madeira, um grampeador e um carimbo.
Os militares da Marinha são lotados na Capitania dos Portos de Pirapora, onde passa o rio São Francisco. A reportagem do Portal HD tentou entrar em contato com a Marinha para saber sobre as providências que serão tomadas em relação aos profissionais envolvidos na ocorrência. De acordo com a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), responsável pela Subsecretaria de Administração Prisional Polícia Civil (Suapí), o agente penitenciário não estava no horário de trabalho quando ocorreu o furto e, por isso, a apuração do fato deverá ocorrer na Justiça comum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário