Dentista e porteiro são feitos reféns após assalto em condomínio de luxo em Nova Lima


Do Hoje em dia
Um dia depois da prisão de um trio que assaltava casas no Belvedere, Santa Lúcia, na região Centro-Sul, e Castelo e Bandeirantes, na região da Pampulha, foi a vez de três indivíduos armados levarem pânico a uma família em um condomínio de luxo no bairro Vila da Serra, em Nova Lima, na Grande BH, nesta terça-feira (30). Uma dentista e o porteiro do condomínio foram feitos reféns e abandonados em uma estrada de terra em São Sebastião das Águas Claras, mais conhecido como “Macacos”. O trio fugiu do condomínio, que fica na rua Morro Alto, e até as 7h40 não havia sido localizado.

Era por voltar das 3 horas da madrugada quando o trio rendeu o casal Frederico Colares Pimenta, de 40 anos, a mulher dele, a dentista Renata Antonini Pimenta, de 37, e o filho deles – que não teve a identidade revelada. A família da dentista foi trancada no banheiro do apartamento enquanto o trio recolhia objetos de valor pela residência, de acordo com os policiais da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar. O valor do material roubado não foi informado pelos policiais, mas sabe-se que os homens levaram joias, dinheiro, roupas, equipamentos eletrônicos – como tabletes, aparelhos de televisão e celulares.

Os indivíduos fugiram levando a dentista Renata Pimenta e o porteiro do condomínio Hernandes Alves de Souza, de 37 anos. Eles fugiram nos carros da família: um Kia Sorento, de cor branca, e em um Renault Fluence, de cor preta.

Os policiais contaram que os reféns foram abandonados em uma estrada de “Macacos” no porta-malas do Renault. Os PM's não souberam, contudo, informar se a dentista e o porteiro se soltaram ou se foram socorridos por alguma pessoa que passava pelo local.
O trio teria fugido no Kia Sorrento e ainda não foi localizado. A Polícia Militar conta com o apoio de policiais civis na busca e localização dos indivíduos. Apesar do susto, os militares contaram que os reféns não ficaram feridos.

O caso será apurado pela Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário