Trio que torturou idoso no Belvedere é suspeito de arrastão na casa do jogador Leandro Donizete

Quadrilha - assalto - idoso - Belvedere - Carlos Rhienck - Hoje em Dia
Coronel Cláudia Romualdo apresenta
 fotos dos suspeitos à imprensa

Do hoje em dia
O trio acusado de assaltar uma casa e torturar um idoso de nacionalidade norte-americana na manhã desta segunda-feira (29) no bairro Belvedere, região Centro-Sul da capital, foi reconhecido por outras vítimas e pode ter envolvimento com o arrastão no prédio onde mora o jogador do Atlético, Leandro Donizete. O crime aconteceu em março deste ano no bairro Castelo, região da Pampulha.
Frederico Mendes Martins, de 27 anos, Fernando de Oliveira, de 28, e Thiago Silva Santos, de 21, foram presos em flagrante nesta manhã durante uma grande operação da Polícia Militar (PM). Eles foram reconhecidos por dezenas de vítimas de outros assaltos praticados nos bairros Camargos e Castelo, na região Noroeste, Grajaú e Sion, no Sul da capital. O primeiro inclusive tinha um mandado de prisão em aberto e seria procurado da polícia.
 
Os suspeitos foram detidos após invadirem a casa de um engenheiro aposentado e agredi-lo. A vítima, que pediu para não ter a identidade revelada, sofreu ferimentos na orelha esquerda ao ser torturado por um dos assaltantes, que não entendia o que o homem falava em inglês. O idoso foi socorrido e encaminhado em estado de choque para o hospital Biocor em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), mas passa bem. 
 
Além do engenheiro aposentado, outras duas pessoas que estavam na casa, uma empregada da residência e uma afilhada do engenheiro, também foram agredidas e sofreram ferimentos leves. Elas foram mantidas como reféns por vários minutos, enquanto os invasores tentavam encontrar meios para escapar do cerco policial. 
 
O capitão do 22º Batalhão da Polícia Militar, Paulo Geovanny, informou que além das três prisões, a PM conseguiu apreendeu dois revólveres calibres 38 e uma pistola automática calibre 9 milímetros, além de três veículos que seriam utilizados para assaltos. Com o trio foi encontrado também R$ 1037, $ 576, quatro pesos, celulares e jóias. Ainda conforme a PM, a prisão dos supeitos vai possibilitar o esclarecimento de dezenas de crimes.

Quadrilha1 - assalto - idoso - Belvedere - Carlos Rhienck - Hoje em Dia
Polícias civil e militar apresentam material apreendido com o trio preso em flagrante (Foto: Carlos Rhienk/Hoje em Dia)
 
O crime
 
O engenheiro aposentado contou à polícia que estava praticando uma caminhada no bairro Belvedere quando foi surpreendido pelos três homens que exibiam armas e faziam ameaças. A vítima foi obrigada a levar os suspeitos até a casa onde residia, na rua Professor Carlos Pereira Silva. 
 
Ao chegar no local, os supostos assaltantes entraram na garagem, mantendo o morador como refém, e surpreenderam a afilhada da vítima e a empregada da casa. Os três foram mantidos sob a mira das armas na sala da residência mas os gritos e gemidos das vítimas, ao serem agredidas, foram ouvidos por vizinhos que acionaram a PM. 
 
Os suspeitos tentaram se esconder em outras casas próximas, mas foram cercados pelos militares. Ao saírem da residência, os suspeitos entregaram suas armas e libertaram os reféns. O trio será apresentado nesta terça-feira (30) pelas polícias Civil e Militar na sede da 1ª Região Integrada de Segurança Pública (Risp) no Centro da capital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário