Delegado suspeito de matar namorada adolescente vai ser ouvido na Assembleia


Do Hoje em dia
O delegado Geraldo Amaral de Toledo deverá comparecer, às 14h15 desta segunda-feira (10), à uma audiência na Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.Toledo é principal suspeito de ter atirado na cabeça de uma adolescente, de 17 anos, em Ouro Preto, na região Central de Minas, no último dia 14 de abril.Ela morreu depois de 51 dias em coma no HPS, e ele está preso na Casa do Policial Civil, no bairro Horto, Leste de BH. O policial, que nega o crime e alega que A.L. teria tentado suicídio, já havia sido convocado duas vezes, mas sua presença foi negada pela Justiça.Segundo as primeiras informações, a Corregedoria Geral da Polícia Civil, que apura o crime e a Justiça deram parecer favorável para que Toledo dê suas explicações à Comissão.O caso continua sendo apurado, mas investigações preliminares descartaram a hipótese de tentativa de suicídio de A.L., uma vez que exames periciais não constataram resíduos de pólvora nas mãos da vítima.A ida do delegado à Assembleia poderá ser marcada por protestos de amigos e familiares da vítima, com quem o policial tinha relacionamento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário