Durante os jogos capital terá mudanças na mobilidade urbana e segurança pública

Confira as alterações e rotas de acesso para assistir aos jogos no Mineirão; saiba o que muda no itinerário do transporte coletivo, onde haverá pontos de táxis ao redor do estádio e como se dará o acesso de pedestres

OtempoOnline
Acessibilidade
Veja como será o acesso de pessoas com
 deficiência e idosos ao estádio
Palco. Com reforma em fase final, Mineirão vai receber seis jogos da Copa do Mundo de 2014
Idosos e deficientes terão que caminhar menos de 200m
da entrada até dentro do Mineirão

Mapa Mineirão
BH Trans divulgou mapa explicando como
 funcionará o trânsito nos dias de jogo


A Copa das Confederações começa neste sábado (15) e Minas Gerais, que abriga uma das cidades-sede, a capital, se prepara para o grande evento esportivo, que irá funcionar também como um teste para a Copa do Mundo, programada para 2014. Confira abaixo a situação estrutural de Belo Horizonte para receber os jogos da Copa das Confederações e saiba o que irá mudar "para gringo ver" e o que irá afetar a vida dos belo-horizontinos.

Mobilidade

A BHTrans divulgou nesta quarta-feira (12), os planos de mobilidade para o evento. Moradores e comerciantes do entorno da região irão receber materiais explicativos, assim como as frotas de ônibus, que conhecerão os desvios e as restrições do tráfego. A exemplo do amistoso entre Brasil e Chile, o trânsito no entorno do Mineirão fica permitido apenas a veículos credenciados. Nos dias dos jogos, a partir de 11h, apenas veículos credenciados terão acesso às avenidas Alfredo Camarate e Abrahão Caram, na Pampulha. Os moradores destas ruas poderão acessá-las normalmente, mas não é permitido estacionar carros na via. As restrições começarão a valer sempre a partir da meia-noite do dia anterior.

Já na Orla da Lagoa da Pampulha, entre Igreja São Francisco de Assis e Avenida Santa Rosa, o estacionamento fica proibido, nos dois sentidos, quando houver partidas. Os jogos em Belo Horizonte ocorrem nos dias 17, 22 e 26 de junho. Segundo o presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar, o objetivo será fazer o trânsito em dias da semana ficar semelhante ao de sábado. “Nossa intenção é transformar os dias úteis, no comportamento da cidade, em dias de sábado”, explicou.

Transporte público

O transporte coletivo contará com um reforço de 300 ônibus especiais. Os pontos de partidas serão chamados de Terminais Copa, e sairão dos pontos: Minas Shopping, Praça Floriano Peixoto, Centro, Savassi, Barreiro e Aeroporto de Confins. As demais linhas seguirão pela busway da avenida Antônio Carlos. Apenas quem portar os ingressos poderá utilizar estes ônibus. Os embarques serão de 12h às 15h e a viagem será direta, sem paradas. Segundo a BHTrans, a distância de caminhada do ponto de desembarque até o estádio não passará de 1,5 km. O retorno dos torcedores aos Terminais Copa começará tão logo terminem os jogos, no mesmo local do desembarque, sendo que haverá pontos no meio do caminho para os torcedores descerem.

No entorno do Mineirão, os terminais de desembarque funcionarão próximo à portaria 3 da UFMG e na avenida Coronel José Dias Bicalho. Os ônibus do Aeroporto Internacional de Confins passarão pelas avenidas Pedro I e Antônio Carlos até a portaria 1 da UFMG. As demais linhas seguirão pela busway da Avenida Antônio Carlos. As linhas tradicionais que dão acesso ao Mineirão também estarão em funcionamento normal, e a passagem será cobrada normalmente. A opção para o torcedor, além das linhas especiais, continuam sendo as linhas 2004, 503, 504, 5401, 64, 67, S50, S51, S52, S53 e S54, que passam pela região do estádio. Elas sofrerão alteração de itinerário, mas continuam sendo opções para o torcedor. Além delas, todas as linhas que passam pela avenida Antônio Carlos, com pontos próximos à UFMG, podem ser usadas. Elas estarão devidamente identificadas com adesivo alusivo ao estádio Mineirão.

Pedestres

No caso dos pedestres, as Fan Walks, que funcionaram na partida Brasil e Chile, serão implementadas na Copa das Confederações em um raio de dois quilômetros no entorno do Mineirão. Os trajetos serão cercados por grades para dar maior segurança ao público. Os torcedores a pé chegarão e sairão do estádio por rotas controladas e a distância de caminhada não ultrapassará 1,5 Km, segundo a BHTrans.

Confira as rotas:

1. Avenida Abrahão Caram, com Avenida Antônio Carlos
2. Avenida Carlos Luz, com Av. Alfredo Camarate
3. Avenida das Palmeiras, a partir da Av. Coronel José Dias Bicalho

Outras alternativas de acesso

Há ainda a opção de ir ao estádio de táxi. Dois pontos cercarão o local, o Ponto Alameda das Palmeiras, que fica na rua de mesmo nome, entre Alameda das Falcatras e Alamedas dos Jacarandás, e o Ponto Usiminas, onde o embarque e desembarque ocorre em frente a própria Usiminas. Outra alternativa são os veículos fretados. A partir de meia noite nos dias dos jogos, será reservada uma área na rua Expedicionário Mário Alves de Oliveira e avenida Expedicionário Benvindo Belém de Lima, entre as avenidas Dom Orione e Alfredo Camarate.

Acessibilidade

As opções de acessibilidade a pessoas com deficiência e idosos contarão com vagas dentro do estacionamento restrito do estádio, e essas pessoas terão que andar, no máximo, 200 metros para assistir as partidas. 120 vagas estarão disponíveis e a entrada acontecerá pelas avenidas Presidente Carlos Luz e Coronel Oscar Paschoal. Para os idosos e outras pessoas com dificuldade de locomoção, a BH Trans irá disponibilizar kombis que levarão o torcedor até pontos controlados pela Fifa. Desta forma, a distância de caminhada até a entrada do estádio também será reduzida a apenas 200 metros. Além disso, foram criados pontos de desembarque para veículos fretados, que atenderão a turistas que estarão em excursão, especialmente.  A partir de meia-noite nos dias de jogos, será reservada uma área na Rua Expedicionário Mário Alves de Oliveira e avenida Expedicionário Benvindo Belém de Lima, entre as avenidas Dom Orione e Alfredo Camarate, pra estes veículos.

Restrições

Além das restrições e normas já citadas referentes as áreas de estacionamento, fica proibida também, nos dias das partidas, de 6h à meia noite, a circulação, parada e estacionamento ou operação de carga e descarga de qualquer veículo que transporte produtos perigosos. A determinação não se aplica à proibição do transporte de Gás Liquefeito de Peróleto - GLP, para fins de venda e/ou distribuição, desde que seja realizado em motocicleta equipada com "side-car". O transporte e a circulação de veículos com qualquer outro produto classificado como perigoso nos dias e horários de proibição dependem de prévia e expressa autorização da BHTrans, após o veículo ser submetido à vistoria pelas autoridades de segurança pública. Os solicitantes devem procurar o setor de Atendimento ao Usuário do órgão de trânsito.

Segurança

A Polícia Federal anunciou nessa terça-feira (11) as medidas preventivas de segurança que deverão ser tomadas em razão da Copa das Confederações. Foi disponibilizado para o evento esportivo o efetivo da Superintendência de Minas Gerais e as delegacias do interior do Estado: Divinópolis, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Além disso, haverá também o reforço de policiais federais lotados nas Superintendências dos Estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. As ações policiais durante o evento serão distribuídas em pelo menos 19 áreas técnicas, que atuarão tanto preventivamente (inteligência, controle migratório e antiterrorismo), como no campo repressivo (Grupo Tático e Operações Especiais). Além disso, por causa do grande número de turistas estrangeiros que estão chegando ao Estado, haverá pesquisa na base de dados e consultas a todas as nações integrantes da Interpol, com o objetivo de impedir, principalmente, o ingresso de foragidos internacionais no país.

E nesta quarta-feira (12) o Corpo de Bombeiros recebeu do governo novos equipamentos para os trabalhos operacionais. A entrega ocorreu em uma solenidade na Cidade Administrativa, no bairro Serra Verde, em Venda Nova. Foram entregues 88 viaturas, sendo 57 delas unidades de resgate equipadas com desfibrilador, maca, prancha rígida e aparelho de oxigênio. Os outros equipamentos são para combate a incêndios e florestais, mergulho e salvamento terrestre, como capacetes e aparelhos de mergulho, conjuntos de combate a incêndio, dentre outros.

As cidades contempladas com os novos equipamentos, além de Belo Horizonte, são Contagem, na região metropolitana da capital, Juiz de Fora, na Zona da Mata, Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, Montes Claros, no Norte de Minas, Varginha, no Sul do Estado, Uberlândia e Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Segundo o governo , os investimentos superam R$ 36,5 milhões, dos quais R$ 27 milhões são provenientes de recursos da Taxa de Incêndio.

"Higienização Urbana"?

A Prefeitura de Belo Horizonte negou que irá fazer qualquer tipo de retirada à força de moradores de rua. A explicação foi dada depois da denúncia publicada nas redes sociais sobre uma suposta ação planejada de “higienização” na cidade durante a Copa das Confederações. De acordo com a prefeitura, foi firmado um acordo com o Centro Nacional de Defesa de Direitos Humanos da População em Situação de Rua e Catadores de Material Reciclável (CNDDH), mediado pelo Ministério Público, para evitar qualquer medida agressiva em relação a essas pessoas.

Segundo a coordenadora do centro, Karina Vieira, a entidade recebeu denúncias alertando para uma ação na área central da capital, com apoio da Polícia Militar. “Foi feito um acordo para essa retirada dos moradores de rua ser feita só pelo serviço de abordagem social da prefeitura. É preciso fazer o encaminhamento correto, não só para o abrigo, mas também para a família ou para o setor de saúde”, disse.

Uma das denúncias é do universitário Fernando Soares, 25. Segundo ele, um morador de rua foi recolhido ontem, no centro, e outros três fugiram para não ser levados. “Temos denúncias dos próprios moradores de rua. Mas não sabemos para onde eles estão indo. Estamos mobilizando grupos para fazer a vigilância disso e denunciar”. A prefeitura também negou a realização do recolhimento de ontem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário