Homem acusado de matar dois militares e chefiar assaltos em casas de BH é preso

Do Hoje em dia
Um homem acusado de matar dois militares e ainda chefiar um grupo especializado em praticar assaltos a casas de Belo Horizonte foi preso. Fábio Lúcio Almeida, de 31 anos e conhecido como "Fabinho Boy", é acusado de ter matado um cabo e um soldado da Polícia Militar durante um assalto a banco em Itaguara, na região Central de Minas. "Fabinho Boy" ainda era conhecido do meio policial por ter protagonizado duas fugas cinematográficas de penitenciárias da Grande BH. O criminoso foi condenado a mais de 49 anos de prisão.
"Fabinho Boy" foi preso em casa, no bairro Castelo, na Pampulha. No endereço, a mulher e o filho do criminoso foram abordados. Após buscas no imóvel, os policiais apreenderam duas armas de fogo, joias e um aparelho que emite ondas de choque para ameaçar vítimas de assalto. Normalmente, "Fabinho Boy" amarrarava os pulsos das vítimas com braçadeiras de plástico. 
 
Apesar de tantas acusações, o suspeito foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, uma delas com numeração raspada.
 
A detenção de "Fabinho Boy" é resultado da "Operação Tiro Certo", quando outros suspeitos de pertencerem ao grupo liderado pelo criminoso também foram presos. Essas pessoas estão sendo interrogadas em cartório pelos delegados Wanderson Gomes e Thiago Machado, que relacionaram uma série de crimes praticados pelos suspeitos. 
 
Entre as façanhas criminosas imputadas a "Fabinho Boy", estão as fugas das penitenciárias. A primeira ocorreu em agosto de 2.009, na Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria, em Contagem. Na data, o preso escapou após vestir roupas de um cunhado que o visitava e sair, tranquilamente, pela porta da frente. A segunda fuga foi registrada em abril de 2012, quando ele fugiu do Presídio Antônio Dutra Ladeira, em Ribeirão das Neves. Porém, desta vez, o criminoso fez um túnel de grande extensão e que terminava só do lado de fora da prisão. 
 
Ao ser perguntado por jornalistas sobre essas acusações, "Fabinho Boy" afirmou ser inocente de todas as acusações. 
 
Ainda na casa do bandido, os policiais também recolheram objetos de valor, que teriam sido roubados nos assaltos.
 
A polícia informou que "Fabinho Boy" foi localizado e preso no começo deste mês, na véspera de um assalto que seria praticado por um grupo armado que seria liderado por ele, quando uma mansão do bairro Mangabeiras, na Zona Sul, seria invadida e seus moradores dominados. As informações fornecidas pelos delegados apontam que este tipo de crime era uma especialidade do grupo, que foi responsável por um assalto acontecido no dia 30 de setembro do ano passado, no Condomínio Alphaville, no município de Nova Lima. Nesse endereço, duas casas foram assaltadas e seus moradores mantidos reféns durante horas, enquanto os criminosos arrecadavam dinheiro, jóias, objetos de valor, celulares e outros bens. Neste caso, um morador foi mantido em cárcere privado durante a fuga dos bandidos e libertado só no Anel Rodoviário, no bairro Betânia, região oeste da capital mineira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário