Manifestações e Destruições: nós assistimos tudo ao vivo e a cores!

DEPUTADO SARGENTO RODRIGUES 
Prezados Companheiros e Companheiras,
manifestacao1Nesta tarde, que tinha tudo para os manifestantes fazerem uma bela festa da democracia, como haviam prometido as "Pseudo Lideranças" que participaram conosco da reunião de ontem, no Ministério Público, com a presença de cinco Promotores de Justiça, um Procurador federal, Defensores Públicos, Deputados, advogados e um monte de gente dizendo que eram lideranças do movimento.
Cheguei por volta das 13:00 horas, e de imediato me postei ao lado do cordão de isolamento na Avenida Abrahão Caram, ao lado dos Policiais Militares. A imprensa estava toda presente e pelo menos, desta vez, ouvi vários jornalistas dizerem que a PM precisava ser mais contundente com os vândalos.
A grande maioria dos manifestantes passaram pela Avenida Antônio Carlos e seguiram o trajeto combinado com a PMMG, mas havia um grupo de número expressivo que vieram para atacar os Policiais. Por todo o tempo que fiquei ao lado do cordão de isolamento, eles arremessaram pedaços de pau e muitas pedras.
Por várias vezes os grupos de “bandidos” tentaram furar o bloqueio dos policiais que se mantiveram firmes, depois de muitas bombas de um lado e do outro, pois os vândalos usaram diversos armas, estilingues com bolas de gude, coquetel molotov, barras de ferro, pedras, ou seja, tudo que encontravam pela frente para atacar a Polícia.
Quando perceberam que não conseguiriam romper com os bloqueios montados pela PMMG, passaram a fazer uma enorme destruição. Percorri cerca de quatro quilômetros na Avenida Antônio Carlos e por onde eles passaram saíram destruindo tudo. Foram dezenas de lojas de comércio que foram destruídas, carros incendiados, motos, lojas, e ainda arrombaram a agência do Banco do Brasil e levaram cinco armas de fogo.
Entraram em uma lanchonete e destruíram quase tudo, durante este percurso, consegui tirar algumas fotos que não ficaram muito boas, mas todos poderão verificar o rastro de destruição.
Será que é essa juventude que está reivindicando EDUCAÇÃO ?
Como disse antes, minha presença tinha dois objetivos claros: acompanhar meus companheiros, levantar o moral de tropa e também ver pessoalmente todo o estrago e afronta à Polícia Militar, para depois, o amanhã, não chegar um promotor, deputado, uma pseuda liderança, vereador, ou seja, qualquer “babaca” que não gosta da Polícia dizer que a PMMG foi arbitrária, ou violenta.
Vou apresentar as fotos na ALMG e vamos cobrar também do Governo que boa parte de nossos policiais não possuíam equipamentos de proteção individual adequado para o enfrentamento. Lembro, ainda, a todos os companheiros e companheiras que a lei 18.015 de 2009 de minha autoria, obriga o Estado a fornecer os equipamentos de proteção. Mas este assunto vamos tratar na Comissão de Segurança Pública.
Um abraço a todos, estou como sempre vigilante em defesa de nossos companheiros e companheiras, e acima de tudo de nossa Policia Militar de Minas Gerais.
Deputado Sargento Rodrigues
Advogado
Pós Graduado em Criminalidade e Segurança Pública - UFMG
manifestacao3
manifestacao11
manifestacao4
manifestacao9

Nenhum comentário:

Postar um comentário