Morre estudante que caiu de viaduto durante protesto na Pampulha

Morre estudante que caiu de viaduto durante protesto na Pampulha Rodrigo Honorato Colaborador
Do Hoje em Dia
O confronto entre vândalos e policiais militares ocorrido nesta quarta-feira (26) em Belo Horizonte deixou um saldo ainda mais trágico do que a destruição registrada principalmente na região da Pampulha. No início da madrugada desta quinta-feira (27), o governo de Minas confirmou que o estudante Douglas Henrique Oliveira, de 21 anos, que caiu do viaduto José Alencar durante o tumulto, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII (HPS).

Segundo testemunhas, o rapaz tentou pular de uma pista do viaduto para outra, mas caiu no vão que há no meio do viaduto. Ele foi levado de helicóptero pelo Corpo de Bombeiros para o HPS com fraturas múltiplas e traumatismo craniano e foi submetido a cirurgia, mas não resistiu.

O acidente ocorreu no fim da tarde, quando um grupo de vândalos protagonizava um embate com os militares que faziam a segurança no entorno do Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, onde o Brasil enfrentava o Uruguai por uma das semifinais da Copa das Confederações. Além de Douglas, o Daniel de Oliveira Martins, de 28, também caiu do viaduto durante o tumulto, mas foi socorrido com quadro menos grave, sem risco de morte.

Nos três confrontos ocorridos em manifestações na capital - que seguiam a onda de protestos que assolou dezenas de cidades pelo País nos últimos dias - seis pessoas caíram do viaduto José Alencar. A estrutura é a via de acesso da avenida Presidente Antônio Carlos para o Mineirão e foi onde tiveram início os tumultos registrados na segunda-feira, 17, no sábado, 22, e ontem.

Por meio de nota, o governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB), lamentou a morte do estudante e prestou solidariedade à família e amigos do jovem neste "momento de extrema dor".


Cinegrafista amador flagra o momento da queda


Nenhum comentário:

Postar um comentário