Oito policiais civis são presos suspeitos de venda ilegal de carteiras de habilitação

O documento era negociado no dia do exame dos candidatos a condutores em Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha

OtempoOnline
Oito policiais civis, sendo dois escrivães e seis investigadores, foram presos nessa segunda-feira (03) suspeitos de participarem de venda de Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os servidores foram detidos por meio de uma determinação judicial expedida pela Justiça. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (5) pela Corregedoria da Polícia Civil.Segundo a Corregedoria, os policiais, que exerciam as funções em Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha, atuavam como examinadores do Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) e se valiam deste cargo para cometerem a venda ilegal de habilitações. Os servidores chegavam a receber de R$800 a R$1.500 por cada aprovação nos exames de direção, com o pagamento efetuado pelos instrutores de autoescolas no dia do exame.
Uma equipe da Corregedoria da Polícia Civil cumpriu, no dia 27 de maio, 15 mandados de busca e apreensão nas propriedades rurais e residências dos policiais investigados. Na ocasião os veículos dos suspeitos foram periciados e diversos documentos apreendidos.O órgão explicou que a prisão dos servidores se deu porque a diligência indicou como incompatível o patrimônio dos policiais, donos de carros luxuosos, propriedades rurais com cabeças de gado e imóveis em construção com material de alto padrão.De acordo com a Corregedoria, as diligências tiveram início há seis meses. Agora, a corporação aguarda laudos periciais, além dos depoimentos dos envolvidos e de testemunhas, assim como a identificação dos instrutores e donos de autoescolas que supostamente estariam envolvidos no esquema.
O prazo para conclusão do inquérito é de 30 dias e os policiais, que estão presos na Casa de Custódia da Polícia Civil, podem ser indiciados por corrupção. Nesse caso, responderão administrativamente por transgressão disciplinar, podendo até serem expulsos da corporação.

2 comentários:

  1. A PC tem que extipar esses bandidos de suas fileiras, pois estão sujando o nome dela.

    São bandidos que se escondem atrás de um distintivo para cometer crimes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sera que estes policiais são mesmos bandidos? Ou meros bodes expiatorios? Sabiam que a apurações deste Inquerito corriam em "segredo de justiça" desde 2010, sem que ate hoje seja apontado ou identificado sequer um indivíduo que tenha COMPRADO uma CNH? Sabiam que estes policiais foram transferidos num ato publicado em 18/05/2013, e mesmo assim tiveram as suas prisões temporárias (apenas 5 dias) decretadas apenas para que fossem humilhados entre os seus pares, familiares e a população da cidade? Essa é a verdadeira POLÍCIA CIVIL, comandada por hipócritas, que roubam as diárias dos seus subordinados, para bancarem seu perdulário e opulento estilo de vida.

      Excluir