Preso homem suspeito de participar de assalto em casa de deputado, em Sete Lagoas

Para tentar fugir da polícia, suspeito utilizada documentação falsa para dificultar localização

A Polícia Civil apresentou nesta segunda-feira (10), o homem suspeito de participar do assalto à casa do deputado estadual Duílio de Castro (PMN). Warley Rodrigues, conhecido como Neymar do PCC, foi preso na última quinta-feira (6) durante o velório de um comparsa realizado no cemitério da Saudade, no bairro do mesmo nome, região Leste de Belo Horizonte.

Conforme informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil, investigadores da Delegacia Especializada de Homicídios Noroeste receberam informações de que Warley estaria na capital para o velório de Marcos Aurélio da Cunha Paula, que morreu na última quarta-feira (5). Segundo a polícia, Marcos era um dos traficantes de Sete Lagoas, região Central de Minas.

Para tentar fugir da polícia mais uma vez, o suspeito utilizou de documentação adulterada. Com o nome Gustavo Luiz da Silva, o criminoso conseguiu uma certidão de nascimento falsa. De posse do registro, Warley conseguiu carteira de identidade, CPF, e certificado de reservista.
Ainda de acordo com a polícia, Warley é suspeito de ter protagonizado momentos de terror na última quarta-feira (5), em Sete Lagoas. Ele e mais dois suspeitos renderam o deputado na porta de casa dele e anunciaram o assalto. Já dentro do imóvel, Warley chegou a agredir a vítima com socos e pontapés. Na ocasião, os suspeitos fugiram sem levar nada.
Warley está preso no Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) Gameleira, região Oeste da capital. A polícia ainda tenta localizar os outros dois suspeitos de participarem do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário