PRF abre inscrições para seleção na segunda


PRF abre inscrições para seleção na segunda
Do Hoje em Dia
Interessados em ingressar na Polícia Rodoviária Federal (PRF) devem ficar atentos. Na segunda-feira serão abertas as inscrições para o concurso público da instituição policial, em que serão oferecidas mil vagas, para ampliar o efetivo em todas as capitais, inclusive Distrito Federal. No entanto, a PRF já adiantou que a grande parte dos novos servidores federais irão atuar em regiões fronteiriças, para aumentar a eficiência da fiscalização em rodovias de acesso aos países vizinhos, como parte do Plano Estratégico de Fronteiras.

O salário inicial, que já inclui auxílio alimentação é de R$ 6.479. No entanto, já estão aprovados dois reajustes até 2015, em que os vencimentos deverão saltar para R$ 7.092.

Para poder concorrer a uma vaga, o candidato precisa ter curso superior completo, preencher ficha cadastral no endereço do Cespe e pagar uma taxa no valor de R$ 150. Além disso, é obrigatório ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH), na categoria B.
A seleção será dividida em duas etapas, a começar pelas provas, que serão aplicadas no dia 11 de agosto. O exame de múltipla escolha conta com 120 questões. Caso o candidato seja aprovado, ele deverá passar por avaliações físicas, psicológicas e validação de títulos.

O belo salário de quase R$ 6.500 também tem suas exigências. Como os novos policiais rodoviários federais terão experiência inicial em região de fronteiras, suas atividades irão além de fiscalização de tráfego em rodovias federais e funções administrativas. Como a grande maioria irá atuar em regiões como Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, parte das atividades serão vinculadas a operações de repreensão ao tráfico de drogas, armas e até mesmo seres humanos, assim como contrabando dos mais variados artigos industrializados.

No entanto, os candidatos podem se tranquilizar, que após um período determinado pela corporação, o policial rodoviário federal pode solicitar transferência para demais regiões do país

Nenhum comentário:

Postar um comentário