Domingo violento tem saldo de cinco mortos na Grande BH

Homicídio_Saudade_Eugênio Moraes_Hoje em Dia
No bairro Saudade, um motociclista com passagem
 pela polícia foi assassinado a tiros
Cinco pessoas morreram assassinadas na madrugada e manhã deste domingo (15) na Grande BH. Segundo a Polícia Militar (PM), no bairro Senhor dos Passos, na região Noroeste de Belo Horizonte, dois homens foram baleados quando voltavam de uma festa, por volta das 2 horas. Cleiverson Maia Gomes, de 27 anos, foi atingido por vários tiros na cabeça e também em outras partes do corpo e morreu no local, na rua Cinábrio. Já Bruno Jardim de Oliveira Lima, de 32 anos, foi socorrido com um tiro na perna para o Hospital Odilon Behrens, no bairro São Cristóvão, na mesma região.
 
Bruno afirmou aos militares que ele e o amigo voltavam de uma festa quando foram abordados por dois homens no Beco Cocheira. Os suspeitos teriam pedido para que as vítimas levantassem as camisas e subissem a rua Cinábrio. Durante o trajeto, a dupla teria começado os disparos, mas Bruno conseguiu correr e foi atingido apenas com um tiro na perna esquerda. No local a PM recolheu várias cápsulas calibre 380 e testemunhas informaram aos militares que os tiros teriam sido efetuados por homens identificados como Rafael, conhecido como "Playboy", e Guilherme.
 
Já no início da manhã, um homem morreu baleado na esquina das ruas Demetrio Ribeiro com Rua Padre Julio Maria, bairro Saudade, região Leste de BH. Conforme a PM, Natanael Henrique Oliveira, de 26 anos, estava em uma motocicleta quando foi atingido por disparos de uma dupla que seguia em um Saveiro preto. Uma adolescente de 15 anos estaria na garupa da moto, mas não foi baleada. A polícia acredita que o crime tenha sido motivado por vingança ou acerto de contas já que a vítima tinha passagem por homicídio e envolvimento com o tráfico de drogas.
 
Em Contagem, dois homicídios foram registrados na madrugada e manhã deste domingo. Na primeira ocorrência, Jefferson Luiz da Silva, de 33 anos, foi atingido por vários tiros após uma discussão em um bar no bairro Jardim Laguna. Conforme os militares, a vítima chegou a ser socorrida com vida para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Ressaca, mas não resistiu aos ferimentos. No local, do crime foram apreendidos dez cartuchos calibre 380 deflagrados.
 
Ainda de acordo com a PM, a irmã de Jefferson teria dito que a vítima discutiu com um homem conhecido como Hudson, que seria o autor dos disparos. Outras testemunhas teriam afirmado a mesma coisa. Entretanto, até o momento ninguém foi detido. No Bar da Árvote, na rua Candeias, onde aconteceu a briga,  a polícia apreendeu cinco papelotes de cocaína.
 
Já no bairro Parque São João, uma homem foi morto por espancamento no início da manhã. O crime aconteceu na rua Perobas Nove, mas até o momento a perícia não chegou ao local e não há identificação da vítima ou do suspeito de ter praticado as agressões.
 
Em Esmeraldas, também na Região Metropolitana de BH, Alcínio Teixeira de Oliveira, de 38 anos, foi encontrado ferido dentro de sua casa no bairro Jardim Bandeirantes. Segundo a Polícia Militar, um vizinho da vítima teria ouvido gritos na casa e resolveu verificar o que estava acontecendo. Por uma fresta da residência, ele teria visto Alcínio ensanguentado sobre a cama e acionou os militares.
 
Ainda conforme a PM, a vítima encontrada ainda com vida e socorrida ao Hospital São Judas Tadeu, em Ribeirão das Neves, mas não resistiu. Segundo a PM, a porta da casa estava arrombada quando os policiais chegaram e Alcínio tinha cortes profundos na cabeça. No entanto, ainda não há informações sobre autoria e motivação do crime. 

*Com informações de Fernando Zuba

Fonte:Hoje em dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário