MAIS UMA VITÓRIA: CABO JÚLIO E O PRESIDENTE DO CSCS - CABO COELHO GARANTEM VITÓRIA PARA OS POLICIAIS MILITARES

BLOG OFICIAL DO CABO JÚLIO
O Deputado Estadual CABO JULIO e o Presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados (CSCS PM/BM-MG) CABO COELHO se reuniram na tarde desta segunda-feira (30/09) com o Chefe do Estado-Maior da PMMG Cel Divino Pereira de Brito e conseguiram as seguintes vitórias para a Classe:

1. ESCALA PARA PERÍODO NOTURNO SERÁ 2X2:
Diante da polêmica com relação as escalas de serviço proposta pelo Comando da PMMG - que eram 3x2 (três dias trabalhados para dois dias de descanso), ficou acertada que a escala passará a ser de 2x2, ou seja, dois dias de folga para cada dois dias de serviço para o turno noturno e 3x2 para os turnos diurno. O pleito inicial era de, dia sim, dia não, com dobradinha. Esta escala é a mesma, só que em vez de trabalharmos um para folgar um, trabalharemos dois e folgaremos dois, ocasionando mais tempo para a família.

2. COMANDO REAVALIARÁ SITUAÇÃO DOS ALUNOS REPROVADOS DO CEFS:
Após o pedido do Deputado CABO JÚLIO e do CABO COELHO o comando determinou que a situação dos alunos que foram reprovados no Curso Especial de Formação de Sargentos (CEFS) seja reavaliada. De acordo com Cel Divino, o regulamento escolar permite essa reavaliação, tanto educacional, quando pedagógica.

3. COLÉGIO TIRADENTES:
Durante a reunião também foi levado ao comando a indignação dos pais de alunos do Colégio Tiradentes de Contagem quanto a permuta feita pelo Governo do Estado do terreno do CTPM no bairro Eldorado por outro terreno no Parque Fernão Dias. O chefe do Estado-Maior analisará o caso.

4. N.A.I.S DE PONTE NOVA SEM MÉDICO E SEM DENTISTA:
Outro assunto da pauta discutido durante a reunião é a situação do Núcleo de Atenção Integrado à Saúde (N.A.I.S) da cidade de Ponte Nova. Embora a unidade seja nova, não há médico nem dentista para atendimento. Foi solicitado ao comando que envie urgentemente uma comissão da Diretoria de Saúde para que em caso emergencial apresente uma solução para um fato tão grave.

"Mais uma vitória da representatividade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário