Mulher tenta atear fogo em guarda e é contida com arma de choque, diz PM

Segundo a polícia, ela estaria insatisfeita com serviço da saúde pública. Secretaria afirma que mulher não solicitou atendimento.

Uma mulher foi detida ao tentar atear fogo em um guarda municipal em uma unidade pública de saúde na manhã desta segunda-feira (24), em Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, ela estaria insatisfeita com o serviço oferecido pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Jardim América, na Região Oeste.

Ainda segundo a polícia, ela jogou álcool no guarda, que não chegou a ser incendiado, e para contê-la, o servidor reagiu usando uma pistola Taser, que dá choque elétrico. A mulher foi atendida no local e encaminhada para delegacia.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ela não solicitou atendimento e já chegou transtornada e com um galão de combustível, ameaçando atear fogo na UPA. ( G1 MG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário